Biotecnologia na Agricultura

O Bioagro surgiu como Núcleo de Biotecnologia Aplicado à Agropecuária e foi criado em 1988 em decorrência de uma ação ousada de diversos professores da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Estes pesquisadores aceitaram o desafio de inserir a Universidade no mundo da biotecnologia devido à tradição no forte desenvolvimento de pesquisas na área das Ciências Agrárias que a UFV já possuía, sendo que ainda existiam vários grupos de pesquisadores que trabalhavam em diversos projetos biotecnológicos.

Há 32 anos, o Instituto de Biotecnologia Aplicada à Agropecuária (Bioagro) da Universidade Federal de Viçosa (Bioagro/UFV) desenvolve pesquisas na área de biotecnologia para a criação de produtos e processos biotecnológicos. Atualmente, a estrutura do Bioagro possui dois pavimentos: o Bioagro e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – INCT, este anexo ao Bioagro. A estrutura do instituto inclui 27 laboratórios instalados, além de 3 laboratórios associados, e congrega um número de aproximadamente 600 usuários, entre eles: pesquisadores, técnicos e estudantes de diversos departamentos da UFV, além de pesquisadores visitantes de outras universidades, nacionais e internacionais.

Um dos grandes desafios dos pesquisadores do Bioagro tem sido a busca pornovas parcerias que vão além da UFV, nacionais e internacionais, com o setor público e com empresas privadas. Existe também uma permanente busca porfinanciamentos deagências de fomento governamentais e também do setor privado. Esta visão aberta tem possibilitado uma percepção mais realista da Universidade em relação aos problemas da sociedade, o que tem contribuído para a formação de profissionais altamente qualificados, que desenvolvem uma visão diretamente voltada para as demandas sociais e ambientais.

Dentre os OBJETIVOS do Bioagro, estão:

– Manter a infraestrutura de laboratórios e facilidades para pesquisa em biotecnologia agropecuária;

– Coordenar a formação e capacitação técnico-científica de recursos humanos na área de biotecnologia agropecuária pelo treinamento de estudantes de graduação como estagiários ou bolsistas de iniciação científica, aperfeiçoamento, mestrado, doutorado e pós-doutorado dos programas de pós-graduação da UFV em Bioquímica Agrícola, Botânica, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Entomologia, Fisiologia Vegetal, Fitopatologia, Fitotecnia, Genética e Melhoramento, Microbiologia Agrícola, Medicina Veterinária, entre outros;

– Promover cursos de curta duração, seminários, workshops e simpósios;

– Coordenar e proporcionar apoio à execução de projetos de pesquisa vinculados ao Instituto, financiados por agências nacionais e internacionais;

– Proporcionar apoio técnico e administrativo às atividades de treinamento de pessoal de outras instituições na área de biotecnologia agropecuária, estimulando o treinamento e reciclagem de pesquisadores em laboratórios especializados no exterior e visitas de curta duração de consultores estrangeiros em seus laboratórios;

– Fomentar e estabelecer parcerias Universidade-Empresa.

Os departamentos envolvidos são:

  • DBG – Departamento de Biologia Geral
  • DBV – Departamento de Biologia Vegetal
  • DBB – Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular
  • DDE – Departamento de Entomologia
  • DEF – Departamento de Engenharia Florestal
  • DET – Departamento de Estatística
  • DFP – Departamento de Fitopatologia
  • DFT – Departamento de Fitotecnia
  • DMB – Departamento de Microbiologia
  • DPI – Departamento de Informática
  • DTA – Departamento de Tecnologia de Alimentos
  • DVT – Departamento de Veterinária
  • DZO – Departamento de Zootecnia

https://bioagro.ufv.br/

Administração do Bioagro

    31-3612-2400/2403